sábado, outubro 15, 2011

Vagas palavras

Cartas que transbordam de sentimentos incontidos por um coração revolto. 
Uma esperança de acalentamento.
Perdida, abrindo mão de reencontrar-se nas margens da hipócrita felicidade inconstante. 
Silencia-se.
Trôpega, pisando em falso nos clichês de moralidades impostos à uma moça. 
Ainda sendo, diverte-se com essas tais barreiras de exílio falsificado.
Plena.



Nenhum comentário:

Postar um comentário