sexta-feira, julho 29, 2011

Dia-a-dia.


Dores 
segurando a minha mão ao lado direito.
Goles de café 
ao lado esquerdo. 
E no meio, um vazio gélido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário