sexta-feira, abril 08, 2011

Presente

O que ela tanto queria era um presente. 
Algo simples, sensível e que brilhasse de uma maneira ímpar.
Procurou tanto, quando finalmente encontrou. 
E o melhor, esse presente chama-lhe pelo nome. Da maneira que ela adora. 
Até compartilham sorrisos! E as vezes, se entendem com um pequeno gesto.
Quando se abraçam podem sentir as veias e artérias de ambos aquecendo-se. 
Agora, a unica preocupação dessa garota é que o tempo não passe tão depressa.
E que os dias futuros não sejam indiferentes. 
            



Her hair reminds me of a warm safe place
Where as a child I'd hide
And pray for the thunder and the rain
To quietly pass me by 
Ohh! Sweet child o' mine

2 comentários:

Postar um comentário